Deus sabe como você se sente

Deus sabe como você se sente
  • Data
    de 13/06/2014 até
  • Autor
    Pr. Jucimar Ramos
  • Download
    Clique aqui e faça o download
    desse estudo em PDF
“...a atitude de vocês, sempre deve ser a mesma atitude que Cristo Jesus teria no lugar de vocês; pois vocês sabem que, embora sendo Deus, não considerou que o ser igual a Deus era algo a que devia apegar-se; e não usou isto para prevalecer egoisticamente sobre os homens, mas esvaziou-se a si mesmo, colocando-se na posição de servo e tornando-se semelhante aos homens. E, quando Ele já estava na forma humana, ainda foi mais longe, Ele humilhou-se a si mesmo e foi obediente até a morte; e pior ainda foi morte de cruz!
Por isso Deus O exaltou à mais alta posição e lhe deu o nome que está acima de todo nome, para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho, nos céus, na terra e debaixo da terra, e toda língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para a glória de Deus Pai.” Filipenses 2.5-11


Não sei se você já sentiu a dor da traição alguma vez em sua vida. Não sei quantas vezes você já pensou em desistir de tudo em sua vida e também não posso imaginar o nível da dor do seu coração agora mesmo. Mas uma coisa eu sei e estou muito certo do que estou dizendo: Jesus já passou por esse tipo de dor e sabe muito bem como vai terminar.

Eu nunca tinha pensado na dor do coração paterno de Deus com tanta luz quanto pensei quando assisti ao filme PAIXÃO DE CRISTO. Mas depois de assisti-lo posso entender um pouco mais o que a dor e o sofrimento de Jesus pode ter significado para O Pai que assistiu a tudo. O Pai conhece dor de ver seu filho ser traído, machucado, ferido, humilhado.

A dor da impotência diante do sofrimento de alguém a quem você ama como à sua própria vida. A dor .... de saber que você precisa morrer e perdoar. Quanto seu coração clama por vingança e você escuta a doce voz do Senhor que te diz: Filho, perdoa, por amor de mim, ame.

E você não consegue andar.... a dor te para, te estagna... te consome por dentro. Te aperta tanto o coração que fica difícil respirar.... A boca fica seca, o apetite some.... Você não encontra repouso....

Até que você entra nos átrios do Senhor e começa a pensar naquela cruz. Então você se identifica com o cordeiro e decide entender que não foi em vão. E você olha pra Ele. E o olhar dEle te enche de uma paz inexplicável. Seu amor te constrange. Atinge-te como a um raio.

Hoje Deus está dizendo a você: Aceite perder para mim! Decida confiar na minha justiça e na minha vingança! Descansa na fidelidade que já demonstrei para você! Eu sei o que estou fazendo. Eu estou no controle o tempo todo.

E é nestas horas que você tem a oportunidade ímpar de adorar de verdade ao Deus que você diz amar acima de tudo. Porque adoração de verdade é mais que cantar canções. Adoração verdadeira é a entrega de alguém que, como Abraão sobe a montanha com seu filho único para sacrificá-lo e consegue declarar profeticamente: “...depois de havermos adorado voltaremos para vós” (Gn. 22:5).

Adoração é a entrega cheia de esperança. É a confiança na fidelidade d`Aquele que era, que é e há de vir, O TODO PODEROSO.

Você já pensou na dor de Abraão caminhando por três dias pelo deserto com seu filho? Ah, como é difícil perder para Deus. Mas vale a pena.

Nesse deserto Abraão andou sozinho apesar de várias pessoas estarem com ele, pois o deserto é um lugar de profunda solidão e abandono. Você não encontra explicações no deserto, você só sente a dor profunda da perda. E você vai morrendo aos poucos enquanto caminha levando quem você ama para a morte. Foram três dias para Abraão e três dias para Deus Pai, três dias na sepultura...

Mas querido eu te digo, perde pra Deus, entrega, pois vale a pena perder para Ele uma vez que só Ele sabe o que faz, Ele está no controle e toda a terra está cheia da Sua Glória.
Nesse Reino só é rico quem entrega tudo e só é livre quem se entrega para ser escravo. 
Copyright ©2017 - INSTITUTO BÁLSAMO DE GILEADE
Design by: Aldabra criação de website